Como as novidades em conectividade podem gerar mais eficiência ao setor corporativo

Adaptações, mudanças constantes, ritmo acelerado e a palavra certa para que possamos enfrentar os desafios deste contexto que vivemos: conectividade. No meu dia a dia, e no de muitos por aí, falamos bastante em conexão, em fazer com que as pessoas sintam-se conectadas com os propósitos das marcas, que vistam a camisa do time e estejam, de fato, relacionadas de forma positiva com aquilo que atuam constantemente. Mas, para que esta conexão aconteça, precisamos olhar para a conexão física - o estar próximo. Especialmente no setor corporativo, há várias soluções que foram desenvolvidas para conectar pessoas, a dinâmica de trabalho e os dispositivos; essas conexões, uma vez estabelecidas, encurtam os espaços e tornam os processos mais simplificados.

Compreendo, enquanto o mundo continua enfrentando as consequências da pandemia causada pelo COVID-19, que as adaptações no trabalho nunca foram tão necessárias. Assim, entendo que a conectividade, responsável por estabelecer o vínculo entre os dispositivos, as redes e as pessoas, deve ganhar cada vez mais relevância na dinâmica empresarial a partir das novas soluções desenvolvidas pelos profissionais de TI.

Mas, de quais soluções estamos falando?

Para que a competitividade continue acentuada e os diferenciais sejam atualizados nesse cenário que muda constantemente, há soluções para gerar conectividade com mais eficiência ao setor corporativo. O SD-WAN, por exemplo, gerencia as redes de longa distância e possibilita a conexão entre os escritórios, lojas físicas, usuários, Data Centers e com diversos dispositivos independentemente da localização. Uma solução como essa reduz custos operacionais e permite a conexão com uma gama completa de provedores de nuvens com a assertividade de que os dados sejam transmitidos com mais segurança. No fim das contas, essas soluções ajudam a acelerar a transformação digital.

Outra possibilidade é o LTE, mais conhecido como 4G, que continua a transportar o tráfego de dados em velocidades superiores às tecnologias anteriores e promove o acesso à conectividade na maioria dos países da região. O LTE privado permite chegar com soluções inovadoras geograficamente distantes dos centros urbanos, a América Latina continua sendo um grande consumidor de LTE e é preciso estar atento a esta tecnologia que pode ser aplicada à indústria para otimizar a produção. Nesse sentido, gosto de ver como esse tipo de conectividade impulsiona o crescimento de tecnologias que agregam muito valor ao setor, como a Internet das Coisas (IoT). Você não pode melhorar o que você não pode medir. Obter informações relevantes em primeira mão é a chave para entender a realidade de uma atividade.

Existem outras soluções de conectividade que não são amplamente adotadas, mas também são muito necessárias para diferentes realidades. O Business VPN Satellite, por exemplo, é uma tecnologia que oferece serviços de satélite altamente confiáveis em regiões com infraestrutura de comunicação deficiente ou inexistente, como operações de mineração ou plataformas offshore.

Na Orange, temos investido maciçamente em soluções de conectividade para atender todos os mercados. Ter um provedor que possa projetar uma solução flexível, segura e escalável, dependendo das especificidades da organização, é essencial.

Após essas considerações, acredito que o avanço da conectividade, independente do tipo e setor em que esteja sendo utilizada, garante o acesso à informação, ao mesmo tempo em que facilita e simplifica a dinâmica organizacional, apoiando a continuidade dos negócios., Para que o mundo não pare, mesmo em meio a uma crise de saúde sem precedentes como a que estamos passando.

Paulo Orio
Paulo Orio

Com mais de 15 anos de experiência nos setores de telecomunicações e TI, Paulo Orio lidera a equipe de vendas e pre-vendas da Orange Business Services no Brasil.