Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Orange Business Services
Image CAPTCHA
Enter the characters shown in the image.

Continuidade do negócio: do caos político no Cairo à segurança da informação

Caos político e social no Cairo não foi percebido por clientes de telecomunicações graças a tecnologia. Mas é importante focar em cibersegurança.

Publicado em 28 de Julho de 2017 por Antonio Carlos Pereira

A cidade do Cairo vivia um caos político e social em meados de 2013, quando protestos violentos pediam a saída do então presidente egípcio, Mohamed Mursi. Ruas com barricadas, assassinatos e falta de energia elétrica impediram centenas de cidadãos de saírem de suas casas e de se comunicarem via internet. Apesar disso, as operações locais do Centro de Serviço ao Cliente da Orange Business Services, que oferecem suporte técnico a clientes europeus e norte-africanos, não foram afetadas.

Isso só foi possível graças à transformação digital, amparada, mais especificamente, a um cabo submarino de telecomunicações entre os oceanos Atlântico e Pacífico, que mantém a conexão estável nesse enorme perímetro. Quem foi atendido a partir do Cairo sequer notou se comunicar por uma cidade que havia se tornado palco de guerra.

Mas esse é apenas um exemplo. A transformação digital tem muitas facetas e é adequada aos mais diversos setores.

No Brasil, por exemplo, grandes bancos que possuem agências em diversas cidades e estados são amparados por sistemas exclusivos de conectividade que integram a matriz às suas unidades mais distantes.

Na Holanda, a agricultura é otimizada pelo o uso de um aplicativo que permite aos fazendeiros controlarem pontos de irrigação de acordo com o clima - algo útil, especialmente, em épocas de estiagens ou inundações. Pelo app é possível, ainda, medir a umidade e os minerais do solo, graças à Internet das Coisas (IoT, ou Internet of Things), já que a comunicação é feita com um sensor e um servidor que armazena as informações e as transmite em tempo real.

Além disso, multinacionais criam ambientes de colaboração com a equipe, independentemente da localidade, graças a ferramentas de áudio ou videoconferências, VoIP e softphones, amparados por redes de conectividade híbridas e altamente estáveis.

De nada adianta permitir que todos os dados estejam acessíveis e estimulem a colaboração, conectividade e transformação digital se eles forem interceptados por cibercriminosos. Nesse ponto, as redes definidas por software (Software Defined Networking - SDN) representam um apoio importante: com ela, a estrutura de hardware ganha orquestração via software, o que permite que a forma de acesso à internet, as redes Wi-Fi e critérios de segurança sejam definidos e parametrizados com facilidade e abrangência.

Como qualquer projeto ou plano de negócio, a transformação digital precisa ser tratada de ponta a ponta, exige um preparo sólido de segurança da informação e, claro, uma revolução na forma de pensar a organização. Mas colher os benefícios de se prestar um serviço sem qualquer intercorrência - mesmo em um ambiente caótico, como o descrito acima - definitivamente, chama a atenção.

Antonio Carlos Pereira é Vice-Presidente de Operações e Serviço ao Cliente para a América Latina na Orange Business Services.

Saiba mais sobre a
Orange Business Services


Casos de SucessoNossos clientes >

 

BlogsBlogs >

 

ImprensaImprensa >

 

Saiba mais sobre o futuro da tecnologia e das telecomunicações


Conectividade >

Colaboração >

Transformação Digital >

 

Contate-nos

Rua James Joule
65 3º andar - sala 32 - Torre Sul - - Cidade Monções
São Paulo - SP
04576-080
Brasil
+55 11 2187-5300

Encontre-nos no Google Maps